Patas na Rede

sexta-feira, outubro 06, 2006

Cavalos e a doma natural

Cavalos e a doma natural

Finalizando a série em que busquei esclarecer um pouco sobre os métodos de domesticação de cavalos, irei falar hoje sobre a doma natural.

A doma natural é o método mais moderno de domesticação de eqüinos. Ela leva em conta que cada cavalo possui uma "personalidade" e o treinamento e doma dele deve levar em conta essa personalidade.

Esse tipo de doma varia de cavalo para cavalo. Procura-se, entretanto, conhecer o comportamento do cavalo, qual a linguagem que ele usa para se comunicar dentro da manada, os seus temores, aflições, atividades de qual ele gosta de realizar e se ele sente-se bem exercendo as atividades que lhe destinam.

Ainda, busca-se saber como o cavalo age e "pensa", para que a partir dessas reações, o domador possa se comunicar com ele através da linguagem do animal (leia-se linguagem como linguagem corporal, voz e estímulos).

A doma natural procura obter o respeito do cavalo de forma natural, sem violência e leva em conta o espírito gregário e curioso do animal.

quarta-feira, outubro 04, 2006

Bichanos, amigões e fotografia

Rachael Hale é apaixonada por animais. Fotógrafa, retrata cães e gatos das mais diversas raças em composições criativas, delicadas, inusitadas e engraçadas. Seu amor em trabalhar com tantos bichos é visivelmente refletido em suas imagens.

Hale é a principal fotógrafa de animais na atualidade. Trabalha essencialmente com filhotes, em estúdios, onde pode montar diversos cenários para cada animal. Suas imagens são famosas por aparecerem em livros, calendários, cadernos, cartões e até mesmo itens de moda, como bolsas e chaveiros.

Os dois livros mais recentes de Rachael Hale são bastante conhecidos por aqui. "101 Bichanos: por amor aos gatos" (101 Cataclysms) e "101 Amigões: por amor aos cães" (101 Salivations), ambos coletâneas de suas melhores fotos.



Veja algumas fotos:
(clique na imagem para vê-la em tamanho real)



Photobucket - Video and Image Hosting Photobucket - Video and Image Hosting Photobucket - Video and Image Hosting Photobucket - Video and Image Hosting
Photobucket - Video and Image HostingPhotobucket - Video and Image Hosting

Mais informações no site RachaelHale.com (em inglês).

terça-feira, outubro 03, 2006

Comida boa pra cachorro

Comida boa pra cachorro

Em comemoração ao dia mundial do cachorro (4 de outubro, amanhã) a revista da folha lançou um caderno especial sobre nossos amiguinhos!

Uma das matérias é sobre a alimentação dos mesmos...

É dificil comermos e não cedermos a cara pidona dos amiguinhos, mas é muito importante para eles que façamos isso. Para ajudar-nos, o guia traz dicas da boa alimentação canina.

Dicas de uma boa alimentação por Silvana Azevedo

A refeição dos filhotes deve ser dividida em até cinco vezes ao dia. Para os cães adultos, em duas vezes (almoço e jantar). Evite deixar comida à vontade na vasilha, ele pode comer demais.

Jamais compre ração a granel. A partir do momento em que o pacote é aberto, tem início o processo de oxidação do alimento e perde-se parte dos nutrientes. Além disso, o alimento fica exposto a toda sorte de insetos e umidade. Nunca substitua a refeição pelo "snack". As guloseimas precisam ser dadas com muita parcimônia, pois o excesso pode levar à obesidade e ao desequilíbrio nutricional do cão.

Quando houver necessidade de mudar a alimentação, faça isso gradativamente. Misture a velha ração à nova em proporções cada vez maiores em um prazo de até sete dias. É proibido dar chocolate aos cães. O doce contém teobromina, alcalóide da família da cafeína, que eles não conseguem metabolizar. Em altas doses (e isso vai depender do tamanho do cachorro), pode levar à morte. Se optar por comida caseira, use pouco sal e descarte temperos.

O dono deve recorrer aos suplementos vitamínicos somente com recomendação do veterinário. Água fresca e limpa deve ser oferecida à vontade.

Dia 4 de Outubro - Dia Nacional de Adotar um Animal

Desculpem a intromissão...Porém, li uma notícia importante hoje em um guia de defesa animal.
Dia 4 de outubro é dia nacional de adotar um animal.Este dia é dedicado a São Francisco de Assis, o verdadeiro protetor dos animais. Dê uma vida mais alegre a um animal abandonado!

segunda-feira, outubro 02, 2006

Cuidado Animal

Cuidado animal

Sabemos que os gatos têm sete vidas. Mas, não é por isso que vamos deixá-los por aí, "a Deus dará". Assim como nós, eles estão expostos a várias doenças. Por isso, vale ressaltar mais uma vez que para tornar o seu animal mais caseiro e longe de algumas doenças, é importante castrá-lo.

Muitas pessoas não sabem ou até acham que é frescura, mas existem sim AIDS e LEUCEMIA FELINA. Além dessas duas doenças que afetam muito os felinos, há também um problema que 80% deles enfrentam. A dor de dente. Para deixar seu animal fora de perigo, procure alimentá-lo apenas com ração. Não fique com pena se ele ficar olhando com cara de coitado, você estará fazendo o melhor para ele.

Por volta do sexto mês, o gato troca de dentição. Fique sempre alerta a sinais de problemas dentários. Caso você identifique que o seu gato está com dificuldade de comer, salivação ou mau hálito, leve-o ao dentista veterinário. Além de doer muito, problemas dentários podem acarretar outros problemas mais sérios, como infecções nos rins, fígado, coração e pulmão.

O vírus da AIDS felina é semelhante ao próprio HIV, porém o principal meio de transmissão é de mãe para filho, e não por contato sexual. Os animais mais suscetíveis são os machos não castrados com acesso à rua. Fique atento caso seu gato apresentar perda de peso, infecções ou febres constantes.

O vírus da Leucemia felina enfraquece os gatos, causando infecções, lesões de pele e anemias. A maioria dos gatos infectados não agüenta e morre com estes sintomas. Em alguns casos, é aplicada a eutanásia para diminuir o sofrimento.
A infecção é passada de um gato para outro através de mordidas e lambidas. O vírus é eliminado na urina, saliva e fezes. A única maneira de livrar seu gato desta doença, é vaciná-lo com FEL-O-VAX LvK IV. A Leucemia é a doença que mais mata os gatos.

É importante prevenir para não ser pego de surpresa.

domingo, outubro 01, 2006

Agências matrimoniais de bichos

Casamento animal

Está procurando um namorado ou namorada para seu bichinho? Hoje em dia já existe uma grande variedade de sites que oferecem listas de animais disponíveis para acasalamento.

Neles você poderá encontrar o par ideal para seu mascote, que não se limita somente a cães e gatos. Centenas de chinchilas, coelhos, tartarugas e hamsters estão a procura de parceiros.

Os sites, mais conhecidos como Agência Matrimonial, disponibilizam uma relação de dados informando detalhes como raça, cor, idade, se tem pedigree ou não ou se é a primeira vez que vai acasalar, além de galerias de imagens.

Alguns sites também utilizam o perfil do animal cadastrado em formato de fórum, onde os donos que se interessarem podem esclarecer dúvidas e facilitar a troca de informações sobre os bichos.

Aqui estão alguns dos principais sites que oferecem o serviço gratuitamente:

Pet Friends
Petvale
Pets Online