Patas na Rede

quarta-feira, outubro 11, 2006

Cuidados com as aves

Cuidados com as aves

Muitas pessoas que gostam de ter animais de estimação e moram em lugares pequenos ou não passam muito tempo em casa, optam por adotar ou comprar aves.

A adoção/compra de pássaros deve ser muito bem pesquisada antes de ser feita. Existem diversas espécies silvestres que, pela proibição do IBAMA, não podem ser comercializadas. A compra desses animais é ilegal. Porém, muitas outras aves são legalizadas e podem ser cuidadas por qualquer um.

Manter um pássaro em casa não é simplesmente comprar uma gaiola, algumas sementes e trocar a água de vez em quando. É dar atenção, conforto e tranquilidade ao animal. É preciso deixar a gaiola (quanto mais espaçosa, melhor) sempre limpa, em um lugar adequado, com boas condições de iluminação para o dia e a noite. A boa alimentação também é essencial, pois cada tipo de ave consome alimentos diferentes, em quantidades diferentes. São alertas que parecem óbvios, mas ainda não são levados a sério por todos.

Diversos pássaros que são mantidos em cativeiro, mesmo sendo bem tratados por seus donos, sofrem de altos índices de stress, que acabam resultando em outras doenças posteriormente. É importante estar sempre atento ao animal, levá-lo periodicamente ao veterinário e não perturbá-lo constantemente (atitudes como ficar com as mãos para dentro da gaiola, mudá-lo muitas vezes de lugar, expor a ave a barulhos intensos ou repetitivos, etc). Os pássaros com casos de stress costumam ter problemas cárdio-respiratórios e alguns deles podem praticar a auto-mutilação, arrancando suas penas, pedaços de pele ou unhas; situação que também ocorre com outros animais, porém mais comuns aos pássaros, que vivem em espaços menores e são retirados completamente de seu habitat natural.

Portanto, pense, analise e procure escolher o animal de estimação que melhor combine com a sua rotina e estilo de vida. Seja grande ou pequeno, cachorro, gato ou pássaro, a atenção dada deve ser a mesma e o tratamento não muda de acordo com o tamanho ou espécie.

Com alguns cuidados simples, é possível garantir a longevidade e o bem-estar de todos os animais.


A ave da foto é a Calopsita, originária da Austrália e legalizada para compra e adoção. É pequena, dócil e de fácil criação. Alimenta-se de frutos e sementes.

1 Comentários:

  • Às 10:07 PM , Blogger Prika disse...

    Eu tenho uma gata, três cachorros e um papagaio...o papagaio num gosta d mim mas ñ é po falta d carinho hahaha...é q ele acha q meu api é mãe dele e só gosta dele hahahahha
    beijinhus nni

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial