Patas na Rede

segunda-feira, setembro 25, 2006

Adoção de animais

Adoção de animais

Adotar um animal de estimação não é simplesmente tirá-lo da rua e colocar em sua casa. É preciso adaptá-lo à nova vida. Além disso, qualquer animal necessita de cuidados básicos como higiene, alimentação e visitas ao veterinário. Assim que adotar um animal, você deve levá-lo ao veterinário para tomar vacina e, quando filhote, tomar o vermífugo.

Um procedimento importante para quem quer adotar um animal é castrá-lo assim que possível. A castração pode até trazer danos psicológicos, porém não deixa de ser uma opção viável, pois há uma infinidade de gatos e cachorros que vivem nas ruas e são mortos por vizinhos intolerantes.

Portanto, para ter um novo integrante em sua casa, você deve estar preparado para desembolsar uma certa quantia por mês para mantê-lo saudável e precisa ter tempo para dar atenção e carinho.

-Gatos
Há muitas lendas de que o gato é um animal arisco e que não gosta do dono, e sim da casa. Realmente os felinos, por sua independência, são bem diferentes dos cães. Porém, quando as pessoas dedicam amor a esse animal, eles mostram que também sentem um amor incondicional pelos donos.

É muito mais fácil adotar um gato pequeno, para que você possa ensinar onde ele deve dormir, que não pode arranhar certas coisas, subir em alguns lugares e onde devem fazer suas necessidades. Os gatos têm um fácil aprendizado e são extremamente educados e higiênicos.

É importante deixar água e ração para o seu animal. Quando pequenos, os felinos deliciam-se com leite. Mas cuidado, pois o leite pode causar diarréia em seu animal adulto.

Procure não deixar os potes de comida e água próximos à bandeja sanitária. Os gatos são muito higiênicos e deixam de comer quando isso acontece.

-Cães
O cão é um animal muito mais carente do que o gato. Nos primeiros dias de novo lar, o cão chora à noite por conta da falta de sua mãe e irmãos. Nessa fase de adaptação, é importante que todos da família entrem em contato com o cão para que não haja um estranhamento posterior.

Assim como o gato, o cão deve ter o local de alimentação distante de seu "banheiro". Nos primeiros dias, os cães fazem as necessidades em locais inusitados, mas basta ensiná-lo para não ter maiores problemas. Se tiver a intenção de ter um cão de guarda, contrate um adestrador para cuidar da casa e não ser violento com sua família.

1 Comentários:

  • Às 11:06 PM , Blogger Franco disse...

    Good work, very nice blog. Seems you enjoy working with/ on the internet. And
    if something like that even pays off well, it would be even better, woulnd't it?

    I chose you because you convinced meby all the effort you put into it. That
    really convinced me.
    For further information please look up my site www-franco.blogspot.com Please get more information
    on....see the video!

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial